entre a suastica e a cruz 300dpi RGB 5cm

ENTRE A SUÁSTICA E A CRUZ: A fé Menonita e a tentação totalitária no Paraguai (1933-1945)

Wilson Maske

Originários da Reforma Protestante do século XVI na Suíça, os menonitas se destacaram das outras linhagens protestantes por seu radicalismo, por seu autoisolamento, por sua rejeição ao envolvimento de cristãos na cena política, por sua adesão irrestrita ao pacifismo não resistente e por não prestarem juramentos. Essa opção resultou em uma série de perseguições e fugas que os levou da Suíça, seu lar ancestral, à Holanda, à Prússia, à Rússia, aos Estados Unidos, ao Canadá, ao Brasil e ao Paraguai. Neste último país, as contradições internas dos menonitas, principalmente relacionadas a questões étnicas e a política de extrema direita, e, em especial, quando se inicia a influência do movimento nacional-socialista, que arrebata parte dos menonitas residentes na colônia de Fernheim, entre 1933 e 1945, resultam no surgimento de dois grupos antagônicos: os völkisch (étnicos populares, adeptos do nazismo) e os wehrlos (pacifistas cristãos conservadores, contrários ao nazismo), que se lançam num embate pelo poder como jamais se viu na história da irmandade menonita.

ISBN: 978-85-65269-38-4
História – 2016 – BROCHURA – 256 PÁGINAS – 14 X 21 CM

R$48,00